Fotos e Histórias

Arquivo

  • 2016 (1)
  • 2015 (4)
  • 2014 (8)
  • 2013 (12)
  • 2012 (22)
  • 2011 (35)
  • 2010 (10)
  • 2009 (1)

Colheita do alho

Após muitos meses de espera finalmente chegou a altura de tirarmos os alhos da terra, e já chegámos um pouco atrasados. Estas culturas de ciclo mais longo acarretam sempre um maior risco, quanto mais tempo na terra maior a probabilidade de acontecer alguma coisa que não controlamos.

O alho, que tinha sido o nosso maior orgulho durante todo o seu desenvolvimento, acabou por não sair com o bom aspecto que esperávamos. Cresceu bem durante todo o tempo mas já no final apanhou “ferrugem” (Puccinia allii), um fungo alaranjado que acabou por cobrir toda a rama, e as chuvas recorrentes dos últimos dois meses não deixaram a terra secar, fazendo com que o contacto prolongado com a terra humida começasse a apodrecer a capa exterior das cabeças. Ficámos tristes é claro, mas para o ano já sabemos que têm de sair da terra assim que arrancarmos o espigo.

Neste momento está disposto como se pode ver na foto, dentro da estufa a secar e já vai bem avançado. O mais certo é aproveitar-mos os dentes de alho para vender já arranjados em pequenos sacos.