Fotos e Histórias

Arquivo

  • 2016 (1)
  • 2015 (4)
  • 2014 (8)
  • 2013 (12)
  • 2012 (22)
  • 2011 (35)
  • 2010 (10)
  • 2009 (1)

… e já começámos :)

Há cerca de uma semana começámos a germinar sementes. Seleccionámos do nosso calendário de plantação as variedades que ainda podem ir para a terra este ano, comprámos substrato de germinação bio e tabuleiros (com alvéolos de 25 e 32cm3) e pusémos mãos à obra. Semeámos 3 tipos de alface, 2 tipos de chicória, rúcula, couve lombarda e couve coração, espinafres de inverno, beterrabas, acelgas, salsa, aipo de cortar, manjericão, coentros, cebolinho, feijão verde. Parece pouco, mas daqui a uns 15 dias fazemos nova sementeira para podermos fazer colheitas escalonadas. Em princípio as couves, as alfaces e o feijão ainda vão para a rua, mas as beterrabas e as aromáticas em princípio vão para a estufa. Até ao final do ano ainda vamos semear ao ar livre cebolas e alhos, e estamos a tentar ainda arranjar – a pedido de várias famílias – couve portuguesa “para o Natal”… 8 dias depois, estão assim:

7 comments to … e já começámos :)

  • martim

    boas,onde posso comprar os tabuleiros para germinação,na zona de vila do conde.obrigada

  • Fiz umas experiências no ano passado muito parecidas com caixas de ovos e garrafões mas muitas das plantas não nasceram, poderá ter sido das sementes? aconselham alguma marca? depois de abertas as embalagens ainda vale a pena guardar as restantes?

    Francisco L.
    um completo ignorante

    • filipa

      Olá Fransisco, e benvindo :) também experimentámos em tempos germinar sementes em garrafões, caixas de ovos e até em rolos de papel de cozinha, mas verdadeiro sucesso só conseguimos de facto em tabuleiros de germinação, de pequeno volume (12 a 20 cm3). Talvez tenha sido por terem melhor arejamento ou o volume adequado. O arejamento por baixo é importante, assim como é o manter a terra sempre húmida mas não encharcada, e enterrar a semente a uma profundidade adequada (sementes mais pequenas menos enterradas, sementes maiores um pouco mais fundas). Por outro lado deve ter em atenção que as sementes têm uma duração da faculdade germinativa variável. Por exemplo, as sementes da cebola só podem ser guardadas por 6 meses a um ano, enquanto as de beterraba, tomate ou fava podem facilmente conservar-se 4 ou 5 anos, desde que guardadas num recipiente bem vedado, longe do sol e da humidade.

  • Acho que não existe nada mais espectacular do que ver as sementes a tornarem-se pequenas plantas. Quando fiz isso com os meus castanheiros, fiquei totalmente estupefacto com a facilidade que a Natureza produz vida e cria valor.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>