Fotos e Histórias

Arquivo

  • 2016 (1)
  • 2015 (4)
  • 2014 (8)
  • 2013 (12)
  • 2012 (22)
  • 2011 (35)
  • 2010 (10)
  • 2009 (1)

Pequenas reparações

A agricultura é uma actividade dura, e de grande desgaste, e se o é para nós, é o muito mais para o equipamento que nós utilizamos, que de uma maneira ou de outra serve para nos facilitar a vida a nós.

Sendo nós pequenos agricultores, temos de ser nós a reparar e fazer a manutenção do nosso próprio equipamento, e como já referimos anteriormente, somos uma espécie de “faz-tudo” na nossa horta.

Ao final de um ano já tivémos que reparar alfaias, trocar cabos a enxadas e soldar forquilhas, já tivémos reparar canalização que estava com fugas de água, já remendámos vezes sem conta a nossa estufa com uma fita própria para o efeito (para além de um acidente que o plástico sofreu logo na montagem, a nossa zona é muito ventosa o que faz com que o plástico esteja sempre com pressão e a bater na estrutura de metal), afiar os instrumentos de corte, e reparar os cavaletes que utilizamos no mercado para fazer a nossa banca.

Como temos vindo a descobrir, uma manutenção adequada e regular do equipamento, aumenta a sua durabilidade, e evita gastos desnecessários que acontecem quando temos de comprar tudo de novo.

Tremoços

E desta maneira terminou a nossa época do tremoço, com uma sessão prolongada de descascar vagens, tarefa que requer alguma paciência.

A principal função deste tremoço foi melhorar o solo, enquanto estava em desenvolvimento serviu para fixar azoto atmosférico no solo, e depois de enterrado serviu para aumentar a matéria orgânica disponível para outras culturas. Nunca foi nossa intenção aproveitar o grão, mas uma vez que não foi todo enterrado na altura devida, deixámos as vagens secar e colhemos o tremoço que deu.

Colhemos cerca de cinco quilos, vamos aproveitar para guardar semente e este ano voltar a semear, e uma pequena parte vamos preparar para termos tremoços, vamos lá ver se saem bem.